Pintura de mural na pista de skate da Costeira 16/06

Republicando convite do @pintelute.floripa
Salve! Convidamos a todes que quiserem somar na nossa próxima pintura de mural na pista de skate da Costeira, nesse domingo a partir das 14h.

Vamos revitalizar um mural nosso que já está desbotado pelo tempo, aproveitando o momento pra jogar uma tinta nova nos muros por apoio-mútuo!

E finalizada a pintura, queremos abrir um momento de troca de ideia e produção de material de propaganda sobre o colapso climático, anticapitalismo, apoio-mútuo e o que tudo isso tem a ver.

E aí, bora domingar assim?

SAÚDE Y REBELDIA!
PINTAR Y LUTAR ANTES QUE OS RICOS AFUNDEM O MUNDO! ✊🏽

Endereço: Av. Jorge Lacerda, 1248 – Costeira, Florianópolis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Roda de Conversa com o Filme Colapso Anunciado 14/06

Republicando Ecomemorial V.E.R.A.
Comissão de Turismo e Meio Ambiente e ALESC Sustentável convidam,

🎥 Cinema e
Meio Ambiente 🌳

Roda de Conversa com o Filme: Colapso Anunciado
Onde: Lagoa Nômade Hostel.
Recanto das Garças, 50. Lagoa da Conceição.

📅 DATA: 14/06/2024
⏰ Horário: 18h

Mesa debatedora:

Elizete (ONG Costa legal)
Andrea Zanella – Psicóloga e Moradora Atingida
Rodrigo – MAB
Marquito – Deputado Estadual
Isabel Pinheiro – Presidente de Mesa e Produtora do Filme
Todd Southgate – Cineasta

🎥 Venha assistir ao filme e debater conosco os desafios de governança da Lagoa da Conceição ✊🏽

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


A tragédia no Rio Grande do Sul reforça que a emergência climática é um problema para lidarmos no presente. O crime ambiental na Lagoa da Conceição e a seca na Lagoa do Peri em 2021, assim como os danos causados por chuvas torrenciais nos últimos anos, mostram que a cidade não está preparada para lidar com o novo cenário climático. E tudo pode piorar com um Plano Diretor aprovado para beneficiar o capital imobiliário e as construtoras, que vai na contramão da preservação ambiental.

O que as pessoas organizadas por meio de coletivos, organizações da sociedade civil e movimentos sociais podem fazer diante deste cenário preocupante?

No mês do meio ambiente, convidamos as coletividades a refletirem sobre sua relação com a emergência climática. A ideia é realizarmos, ao longo das próximas semanas, atividades que mostrem, mediante ideias e ações, como cada grupo contribui para adiar o fim de Floripa.

Como Participar: Cada grupo é livre para realizar sua atividade quando, onde, e como preferir. Marque o Tecendo Redes nas redes sociais para podermos divulgar a atividade, ou nos avise por email (tecendoredes arroba riseup.net). E, se possível, cite que ela faz parte da campanha.

Nosso intuito é engajar pessoas para participarem destas iniciativas. Se as sementes brotarem, pretendemos realizar encontros para tecermos em conjunto propostas para a cidade.

Bora lá? Mudar o sistema, pois o clima já mudou!

Créditos da foto: Registros por Deriva Jornalismo, das manifestações do dia 31/05 em Porto Alegre: Marcha pelo Clima, Fora Melo e Fora Leite e manifestação de moradores e comerciantes do bairro Cidade Baixa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *