Por melhorias urgentes sem retirar os paralelepípedos históricos

Melhorias Sim, Retirar pedras históricas: Não!

Republicação do abaixo-assinado.

O projeto da PMF de melhorias para o Centro Histórico Leste de Florianópolis tem sido motivo de várias manifestações críticas de entidades, instituições e cidadãos, desde março de 2020. O processo é confuso, pouco transparente, tem várias versões e retira grande parte dos paralelepípedos históricos. Por que tanto mistério sobre este projeto?



Nossa defesa dos paralelepípedos:

• o centro histórico de Florianópolis é uma joia rara, onde a cidade foi fundada a partir do século XVII, guarda camadas de história, memória e patrimônio histórico que serão conhecidas pelas futuras gerações;

• o setor leste foi o primeiro eixo de expansão da cidade, com suas ruas estreitas, ambiência histórica autêntica, com museus e circuitos artísticos, comércio, bares e restaurantes, feiras, e que reúne boa parte da economia criativa da cidade e vida cultural;

• as ruas foram pavimentadas com paralelepípedos em granito cortados artesanalmente e assentados pelos calceteiros e estão ali desde 1886. É um material nobre, durável que precisa de manutenção assim como qualquer outro pavimento.

• a área é de interesse cultural (Área de Proteção Cultural – APC), a história contida ali é potencial fonte de negócios para aqueles que trabalham no local, retirar o calçamento irá apagar a história, deixar a área igual as outras tantas da cidade;

• é essencial conhecer o Centro Histórico Leste para amar, assim como nós amamos aquele local;

• as melhorias são possíveis e necessárias com a modernização das infraestruturas, da acessibilidade, mas garantindo as permanências históricas. Temos exemplos pelo mundo, no Brasil, e também do outro lado da Praça XV de Novembro, com a reforma realizada na Praça da Alfândega que solucionou a acessibilidade. Portanto, há soluções mais assertivas, adequadas e inteligentes de acessibilidade em harmonia com os paralelepípedos;

Reflita: há mais de 20 anos o Centro Histórico Leste não recebe manutenção nem melhorias, há problemas com o lixo, com as calçadas, drenagem, cabos elétricos que prejudicam a paisagem urbana, por exemplo. Retirar os paralelepípedos não é a solução.

Por melhorias urgentes sem a retirada das pedras históricas.

O cartunista Alexandre Beck, que dá vida ao Armandinho, somou-se à luta pela preservação do Centro Histórico de Florianópolis. Fonte: Vereador Afrânio

Assine o abaixo-assinado em: https://secure.avaaz.org/community_petitions/en/prefeito_de_florianopolis_gean_loureiro_vice_prefe_melhorias_sim_retirar_os_paralelepipedos_historicos_nao/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.