Mutirão Aterro SulReal: Plante o Parque no aterro da Expressa Sul!

Chamado para a atividade do dia 19 pela criação do Parque

Tem sido surreal a vida no planeta, no país, na cidade. Em vários cantos a nossa mãe terra emite sinais de que estamos rumo ao colapso. E a fórmula de sobrevivência baseada na dominação e no lucro acima de tudo é um pé no acelerador, pisado sem reflexão por aqueles que estão no poder. Na era da emergência climática é urgente repensar de forma coletiva a maneira que vivemos.


O Aterro da Expressa Sul tem sido um triste exemplo das mudanças que tem ocorrido na cidade. Que lugar surreal! O que era praia virou aterro, soterrando muita vida e mudando para sempre a relação do lugar com as comunidades do entorno. E tudo pago com dinheiro público!


O aterro é uma Área Verde de Lazer (AVL)! Mas a área de lazer, e o parque propagandeado por vários políticos se mostrou uma promessa vazia, e o verde está prestes a ser eliminado. Essa área abandonada por anos pelos poderes públicos agora está na mira da especulação imobiliária parasita que apenas aparece para lucrar. O Governo Bolsonaro se uniu a Gean para entregar de bandeja os aterros para os grandes capitalistas. Já em março querem leiloar a região para fundos imobiliários, para que depois as construtoras ergam um paredão de prédios. Prédios para quem já tem onde morar, detonando a natureza em uma importante zona ecológica de amortecimento e cobrindo a vista para o mar de quem vive nos bairros adjacentes. Afogando, agora de concreto, até o ar que respiramos. 

Mas todo pesadelo tem seu sonho!  E se a realidade se mostra como um deserto, inventemos nós mesmas o nosso oásis SulReal! Para começar a mudar essa realidade convidamos todo mundo numa força coletiva de esperança, semente, luta e trabalho. Vamos plantar mudas de árvores nativas no Quadrado, uma área de aterro autogerida há 4 anos por diferentes pessoas, que ali tem plantado um lindo pomar e realizado diversas atividades abertas.

Também haverá piquenique, música e roda de conversa, para traçarmos vários planos para poder contra-atacar, e continuar a luta pelo parque público em toda área de aterro.

Quando: Sábado de sol, 19/02/22.

Programação:

  • 8h às 11h: mutirão de plantio
  • 11h às 15h: piquenique, palco aberto e roda de conversa. 

Onde: Quadrado, no Aterro da Via Expressa Sul, do outro lado do Armazém Vieira (lado do mar), Semáforo de acesso à UFSC às margens da ciclovia. Veja o mapa.

Observação: não seja mandrião, participe também do mutirão! Leve suas ferramentas, se tiver.

Lembrando que ainda estamos em pandemia, portanto use máscara e álcool 70!

Há braços e nos vemos lá!

#AterroVivo
Não se aterra o mar para uso particular!

Agradecimentos para Rachel Schein pela edição da vinheta.

Participe da discussão

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.